sábado, 24 de setembro de 2011

RECEBI POR E-MAIL

VEJAM COMO IGNORAMOS AS COISAS!!!!


REVELAÇÃO BOMBÁSTICA

Estudos europeus revelaram os efeitos das bebidas.

Existem as evidências de que:

Vodka + Gelo = fode os rins!

Rum + Gelo = fode o fígado!

Whisky + Gelo = fode o coração!

Gin + Gelo = fode o cérebro!

Coca-Cola + Gelo = fode o estômago!

Pelo que parece é esse filho da puta do Gelo é que fode tudo!

Estou tomando uma antipatia de Gelo...

E eu que pensava que ele era inofensivo!!!

RECEBI POR E-MAIL

VEJAM COMO IGNORAMOS AS COISAS!!!!


REVELAÇÃO BOMBÁSTICA

Estudos europeus revelaram os efeitos das bebidas.

Existem as evidências de que:

Vodka + Gelo = fode os rins!

Rum + Gelo = fode o fígado!

Whisky + Gelo = fode o coração!

Gin + Gelo = fode o cérebro!

Coca-Cola + Gelo = fode o estômago!

Pelo que parece é esse filho da puta do Gelo é que fode tudo!

Estou tomando uma antipatia de Gelo...

E eu que pensava que ele era inofensivo!!!

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

RECEBÍ POR E-MAIL

Atenção especial para as mais novas vovós....
Paulinho tem 9 anos e foi passar uns dias na casa da vovó.
Ele estava brincando na rua com alguns coleguinhas e uma hora entrou em casa perguntando:
- Vovó, como se chama aquilo quando duas pessoas dormem no mesmo quarto e ficam uma em cima da outra?
A vovó se assustou com a pergunta, pensou e achou que seria melhor dizer a verdade:
- Bem, Paulinho, isso se chama uma RELAÇÃO SEXUAL...
Paulinho satisfeito com a resposta voltou para a rua para brincar.
Dentro de instantes ele entra em casa novamente todo esbaforido e diz:
- Vovó, aquilo que eu perguntei, a mãe do Zezinho disse que se chama BELICHE, e ela quer falar com a senhora...

sexta-feira, 29 de julho de 2011

NINFO...QUÊ ?

- Boa tarde. Faça o favor de se sentar, minha senhora.
- Boa tarde, Doutor. Com licença...
- Então, e de que se queixa a Sr.ª D. Maria da Luz ?
- Ai, Dr... tenho um problema mas.... não fico muito à vontade, e nemsei como começar...
- Não tem nada que se envergonhar, seja o que for. Os médicos nãojulgam ninguém.
- Doutor eu me levanto e sinto logo umas coisas, uns calores, umavontade muito grande....sabe ? Só me passa fazendo amor, mas como omeu marido sai cedo de casa, eu vou à janela e chamo o primeiro quepassar. Fazemos amor, e fico quase bem.... pra ficar completamentecalma tenho que chamar outro. À tarde, é a mesma coisa, faço amor comtrês ou quatro e lá me aguento até à noite. Ando com um bocado devergonha, e muito inquieta por não saber o que é isto..... O Dr. sabeo que eu tenho ?.... É alguma coisa ruim ???...
- Bom, pelos sintomas trata-se de um distúrbio do comportamento sexualque se denomina "ninfomania".
- Ninfoquê, Dr. ?
- Ninfomania, nin-fo-ma-nia.
- O Dr. não se importa de escrever o nome aí num papel, pra eu mostrarlá no bairro pros que tão me chamando de biscate?...

sábado, 23 de julho de 2011

RECEBI POR E-MAIL

O misterioso caso das 57 freiras grávidas!!!
Os marinheiros já estavam há meses em alto mar, sem sexo, então tinham que se virar como podiam. Para não sujar a embarcação, eles depositavam todo o resultado das aventuras sexuais solitárias em barris e, que quando ficavam cheios, eram jogados em alto mar. Meses depois, uma notícia estranha apareceu no jornal "57 freiras ficam grávidas ao mesmo tempo num convento da ilha de Kuamalaca". Uma equipa de médicos foi designada para desvendar o mistério. Chegando no convento, o chefe da equipe pergunta:- Há quanto tempo não aparece um homem nesta ilha?- Há 15 anos! - garante a madre.- Houve algum acontecimento estranho que chamasse a atenção de vocês nos últimos meses?- Nada muito importante. Mas me lembro que há poucos meses surgiu na praia um tonel cheio de parafina. Acreditamos que caiu de algum navio cargueiro.
- E o que vocês fizeram com esta parafina? - perguntou um outro membro da equipa médica.
- Nós?? Fizemos velas!

sexta-feira, 22 de julho de 2011

terça-feira, 19 de julho de 2011

COMO TRANSFORMAR . . .

COMO TRANSFORMAR UM BUNDÃO EM HOMEM.

sexta-feira, 1 de julho de 2011

RECEBI POR E-MAIL

A VACA ESTÁ INDO PRÓ BREJO!!!


LEI 12.403/2011 - Desabafo de um Promotor


Pelo jeito que as coisas vão, andar nas ruas vai se tornar uma aventura.........
Se hoje, as vezes, prendemos o mesmo indivíduo por 10, 20 ou mais vezes, imagine como vai ficar..

Nada é tão ruim que não possa piorar.

Caros colegas, após 15 anos de atuação na área criminal estou
pensando seriamente em abandonar a área com a nova LEI 12.403/2011
aprovada pelo CONGRESSO NACIONAL e sancionada em 05/05/2011 pela
Presidente DILMA ROUSSEF e pelo Ministro da Justiça JOSÉ EDUARDO
CARDOZO.

Quem não é da área, fique sabendo que em 60 dias (05/07/2011) a nova
lei entra em vigor e a PRISÃO EM FLAGRANTE E PRISÃO PREVENTIVA SOMENTE
OCORRERÃO EM CASOS RARÍSSIMOS, aumentando a impunidade no país. Em
tese somente vai ficar preso quem cometer HOMICÍDIO QUALIFICADO,
ESTUPRO, TRÁFICO DE ENTORPECENTES, LATROCÍNIO, etc.. A nova lei trouxe
a exigência de manter a prisão em flagrante ou decretar a prisão
preventiva somente em situações excepcionais, prevendo a CONVERSÃO DA
PRISÃO EM FLAGRANTE ou SUBSTITUIÇÃO DA PRISÃO PREVENTIVA em 09 tipos
de MEDIDAS CAUTELARES praticamente inócuas e sem meios de fiscalização
(comparecimento periódico no fórum para justificar suas atividades,
proibição de frequentar determinados lugares, afastamento de pessoas,
proibição de de se ausentar da comarca onde reside, recolhimento
domiciliar durante a noite, suspensão de exercício de função pública,
arbitramento de fiança, internamento em clinica de tratamento e
monitoramento eletrônico).

Para quem não é da área, isso significa que crimes como homicídio
simples, roubo a mão armada, lesão corporal gravíssima, uso de armas
restritas (fuzil, pistola 9 mm, etc.), desvio de dinheiro público,
corrupção passiva, peculato, extorsão, etc., dificilmente admitirão a
PRISÃO PREVENTIVA ou a manutenção da PRISÃO EM FLAGRANTE, pois em
todos esses casos será cabível a conversão da prisão em uma das 9
MEDIDAS CAUTELARES acima previstas. Portanto, nos próximos meses não
se assuste se voce encontrar na rua o assaltante que entrou armado em
sua casa, o ladrão que roubou seu carro, o criminoso que desviou
milhões de reais dos cofres públicos, o bandido que estava circulando
com uma pistola 9 mm em via pública, etc.

Além disso, a nova lei estendeu a fiança para crimes punidos com até
04 anos de prisão, coisa que não era permitida desde 1940 pelo Código
de Processo Penal! Agora, nos crimes de porte de arma de fogo, disparo
de arma de fogo, furto simples, receptação, apropriação indébita,
homicídio culposo no trânsito, cárcere privado, corrupção de menores,
formação de quadrilha, contrabando, armazenamento e transmissão de
foto pornográfica de criança, assédio de criança para fins
libidinosos, destruição de bem público, comercialização de produto
agrotóxico sem origem, emissão de duplicada falsa, e vários outros
crimes punidos com até 4 anos de prisão, ninguém permanece preso (só
se for reincidente). Em todos esses casos o Delegado irá arbitrar
fiança diretamente, sem análise do Promotor e do Juiz. Resultado: o
criminoso não passará uma noite na cadeia e sairá livre pagando uma
fiança que se inicia em 1 salário mínimo! Esse pode ser o preço do
seu carro furtado e vendido no Paraguai, do seu computador receptado,
da morte de um parente no trânsito, do assédio de sua filha, daquele
que está transportando 1 tonelada de produtos contrabandeados, do
cidadão que estava na praça onde seu filho frequenta portando uma arma
de fogo, do cidadão que usa um menor de 10 anos para cometer crimes,
etc.
Em resumo, salvo em crimes gravíssimos, com a entrada em vigor das
novas regras, quase ninguém ficará preso após cometer vários tipos de
crimes que afetam diariamente a sociedade. Para que não fique qualquer
dúvida sobre o que estou dizendo, vejam a lei.


http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2011/Lei/L12403.htm

Também para comprovar o que disse, leiam o artigo do Desembargador
FAUSTO DE SANCTIS sobre a nova lei, o qual diz textualmente que "com a
vigência da norma, a prisão estará praticamente inviabilizada no
país":

http://advivo.com.br/blog/luisnassif/de-sanctis-e-o-codigo-de-processo-penal


GIOVANI FERRI, Promotor de Justiça de Toled

sábado, 5 de março de 2011

RECEBI POR E-MAIL

MARCAS DE BATOM NO BANHEIRO (para amigos e professores)

Numa escola pública estava ocorrendo uma situação inusitada: meninas de 12 anos que usavam batom, todos os dias beijavam o espelho para remover o excesso do cosmético.
O diretor andava bastante aborrecido porque o zelador tinha um trabalho enorme para limpar o espelho ao final do dia, e, como sempre, na tarde seguinte, lá estavam as mesmas marcas de batom...
Um dia o diretor juntou o bando de meninas no banheiro e explicou pacientemente que era muito complicado limpar o espelho com todas aquelas marcas que elas faziam. Fez uma palestra de uma hora.
No dia seguinte as marcas de batom no banheiro reapareceram...
No outro dia, o diretor juntou o bando de meninas e o zelador no banheiro, e pediu ao zelador para demonstrar a dificuldade do trabalho. O zelador imediatamente pegou um pano, molhou no vaso sanitário e passou no espelho.
Nunca mais apareceram marcas no espelho!
MORAL DA HISTÓRIA:
Há professores e há educadores...
Comunicar é sempre um desafio!
Às vezes, precisamos usar métodos diferentes para alcançar certos resultados.
Por quê?
Porque a bondade que nunca repreende não é bondade: é passividade

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

CABELOS BRANCOS - RECEBÍ POR E-MAIL

Essa é uma homenagem à turma de cabelos brancos.
Um jovem muito arrogante, que estava assistindo aum jogo de futebol, tomou para si a responsabilidadede explicar a um senhor já maduro, próximo dele, porque era impossível a alguém da velha geração entender esta geração.
"Vocês cresceram em um mundo diferente, um mundoquase primitivo!", o estudante disse alto e clarode modoque todos em volta pudessem ouvi-lo.
"Nós, os jovens de hoje, crescemos com Internet ,celular , televisão, aviões a jato, viagensespaciais,homens caminhando na Lua, nossas espaçonaves tendovisitado Marte.Nós temos energia nuclear, carros elétricos e ahidrogênio, computadores com grande capacidade deprocessamento e ....,"
- fez uma pausa para tomaroutro golede cerveja.
O senhor se aproveitou do intervalo do gole parainterromper a liturgia do estudante em sua ladainhaedisse:
- Você está certo, filho. Nós não tivemos essas coisas quando éramos jovens porque estávamos ocupados em inventá-las.
E você, um bostinha de merda arrogante dos dias dehoje, o que está fazendo para a próxima geração?
Foi aplaudido de pé !
ESTA É PRA REPASSAR MESMO!!!

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

RECEBI POR E-MAIL

Um jovem muito arrogante, que estava assistindo a um jogo de futebol, tomou para si a responsabilidade de explicar a um senhor já maduro, próximo dele, porque era impossível a alguém da velha geração entender esta geração.
"Vocês cresceram em um mundo diferente, um mundo quase primitivo!", o estudante disse alto e claro de modo que todos em volta pudessem ouvi-lo.
"Nós, os jovens de hoje, crescemos com Internet , celular , televisão, aviões a jato, viagens espaciais, homens caminhando na Lua, nossas espaçonaves tendo visitado Marte. Nós temos energia nuclear, carros elétricos e a hidrogênio, computadores com grande capacidade de processamento e ...," - fez uma pausa para tomar outro gole de cerveja.
O senhor se aproveitou do intervalo do gole para interromper a liturgia do estudante em sua ladainha e disse:
- Você está certo, filho. Nós não tivemos essas coisas quando éramos jovens porque estávamos ocupados em inventá-las.
E você, um bostinha de merda arrogante dos dias de hoje, o que está fazendo para a próxima geração?
Foi aplaudido de pé !

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

RECEBI POR E-MAIL

CAÍ NO MUNDO E NÃO SEI COMO VOLTAR

Eduardo Galeano

O que acontece comigo é que não consigo andar pelo mundo pegando coisas e trocando-as pelo modelo seguinte só por que alguém adicionou uma nova função ou a diminuiu um pouco.?
Não faz muito, com minha mulher, lavávamos as fraldas dos filhos,pendurávamos na corda junto com outras roupinhas, passávamos, dobrávamos eas preparávamos para que voltassem a serem sujadas. E eles, nossos nenês, apenas cresceram e tiveram seus próprios filhos se encarregaram de atirar tudo fora, incluindo as fraldas. Se entregaram, inescrupulosamente, às descartáveis!
Sim, já sei. À nossa geração sempre foi difícil jogar fora. Nem os defeituosos conseguíamos descartar! E, assim, andamos pelas ruas, guardandoo muco no lenço de tecido, de bolso.Nããão! Eu não digo que isto era melhor. O que digo é que, em algum momento, me distraí, caí do mundo e, agora, não sei por onde se volta.
O mais provável é que o de agora esteja bem, isto não discuto. O que acontece é que não consigo trocar os instrumentos musicais uma vez por ano, o celular a cada três meses ou o monitor do computador por todas as novidades. Guardo os copos descartáveis! Lavo as luvas de látex que eram para usar umasó vez.
Os talheres de plástico convivem com os de aço inoxidável na gaveta dostalheres! É que venho de um tempo em que as coisas eram compradas para todaa vida!
É mais! Se compravam para a vida dos que vinham depois! A gente herdava relógios de parede, jogos de copas, vasilhas e até bacias de louça. E acontece que em nosso, nem tão longo matrimônio, tivemos mais cozinhas doque as que haviam em todo o bairro em minha infância, e trocamos de refrigerador três vezes.
Nos estão incomodando! Eu descobri! Fazem de propósito! Tudo se lasca, se gasta, se oxida, se quebra ou se consome em pouco tempo para que possamos trocar.Nada se arruma. O obsoleto é de fábrica. Aonde estão os sapateiros fazendo meia-solas dos tênis Nike? Alguém viu algum colchoeiro encordoando colchões, casa por casa? Quem arruma as facas elétricas? o afiador ou o eletricista? Haverá teflon para os funileiros ou assentos de aviões para os talabarteiros?
Tudo se joga fora, tudo se descarta e, entretanto, produzimos mais e mais e mais lixo. Outro dia, li que se produziu mais lixo nos últimos 40 anos que em toda a história da humanidade.
Quem tem menos de 30 anos não vai acreditar: quando eu era pequeno, pela minha casa não passava o caminhão que recolhe o lixo! Eu juro! E tenho menos de ... anos! Todos os descartáveis eram orgânicos e iam parar no galinheiro, aos patos ou aos coelhos (e não estou falando do século XVII). Não existia o plástico, nem o nylon. A borracha só víamos nas rodas dos autos e, as que não estavam rodando, as queimávamos na Festa de São João. Os poucosdescartáveis que não eram comidos pelos animais, serviam de adubo ou se queimava. Desse tempo venho eu. E não que tenha sido melhor... É que não é fácil para uma pobre pessoa, que educaram com "guarde e guarde que alguma vez pode servir para alguma coisa", mudar para o "compre e jogue fora que já vem um novo modelo".Troca-se de carro a cada 3 anos, no máximo, por que, caso contrário, és um pobretão. Ainda que o carro que tenhas esteja em bom estado... E precisamos viver endividados, eternamente, para pagar o novo!!! Mas...por amor de Deus! Minha cabeça não resiste tanto. Agora, meus parentes e os filhos de meus amigos não só trocam de celular uma vez por semana, como, além disto, trocam o número, o endereço eletrônico e, até, o endereço real.
E a mim que me prepararam para viver com o mesmo número, a mesma mulher, a mesma e o mesmo nome (e vá que era um nome para trocar). Me educaram para guardar tudo. Tuuuudo! O que servia e o que não servia. Por que, algum dia ,as coisas poderiam voltar a servir.
Acreditávamos em tudo. Sim , já sei, tivemos um grande problema: nunca nos explicaram que coisas poderiam servir e que coisas não. E no afã de guardar (por que éramos de acreditar), guardávamos até o umbigo de nosso primeiro filho, o dente do segundo, os cadernos do jardim de infância e não sei como não guardamos o primeiro cocô.
Como querem que entenda a essa gente que se descarta de seu celular a poucos meses de o comprar? Será que quando as coisas são conseguidas tão facilmente, não se valorizam e se tornam descartáveis com a mesma facilidade com que foram conseguidas? Em casa tínhamos um móvel com quatro gavetas. A primeira gaveta era para as toalhas de mesa e os panos de prato, a segunda para os talheres e a terceira e a quarta para tudo o que não fosse toalha ou talheres. E guardávamos...
Como guardávamos!! Tuuuudo!!! Guardávamos as tampinhas dos refrescos!! Como, para quê? Fazíamos limpadores de calçadas, para colocar diante da porta para tirar o barro. Dobradas e enganchadas numa corda, se tornavam cortinas para os bares. Ao fim das aulas, lhes tirávamos a cortiça, asmartelávamos e as pregávamos em uma tabuinha para fazer instrumentos para afesta de fim de ano da escola.
Tuuudo guardávamos! Enquanto o mundo espremia o cérebro para inventar acendedores descartáveis ao término de seu tempo, inventávamos a recarga para acendedores descartáveis. E as Gillette até partidas ao meio setransformavam em apontadores por todo o tempo escolar. E nossas gavetas guardavam as chavezinhas das latas de sardinhas ou de corned-beef, na possibilidade de que alguma lata viesse sem sua chave.E as pilhas! As pilhas das primeiras Spica passavam do congelador ao telhado da casa. Por que não sabíamos bem se se devia dar calor ou frio para que durassem um pouco mais. Não nos resignávamos que terminasse sua vida útil, não podíamos acreditar que algo vivesse menos que um jasmim. As coisas não eram descartáveis. Eram guardáveis.
Os jornais!!! Serviam para tudo: para servir de forro para as botas de borracha, para por no piso nos dias de chuva e por sobre todas as coisas para enrolar.
Às vezes sabíamos alguma notícia lendo o jornal tirado de um pedaço de carne!!! E guardávamos o papel de alumínio dos chocolates e dos cigarrospara fazer guias de enfeites de natal, e as páginas dos almanaques para fazer quadros, e os conta-gotas dos remédios para algum medicamento que não o trouxesse, e os fósforos usados por que podíamos acender uma boca de fogão (Volcán era a marca de um fogão que funcionava com gás de querosene) desde outra que estivesse acesa, e as caixas de sapatos se transformavam nos primeiros álbuns de fotos e os baralhos se reutilizavam, mesmo que faltasse alguma carta, com a inscrição a mão em um valete de espada que dizia "esta é um 4 de bastos".
As gavetas guardavam pedaços esquerdos de prendedores de roupa e o ganchinho de metal. Ao tempo esperavam somente pedaços direitos que esperavam a sua outra metade, para voltar outra vez a ser um prendedor completo.
Eu sei o que nos acontecia: nos custava muito declarar a morte de nossos objetos. Assim como hoje as novas gerações decidem matá-los tão-logo aparentem deixar de ser úteis, aqueles tempos eram de não se declarar nada morto: nem a Walt Disney!!!
E quando nos venderam sorvetes em copinhos, cuja tampa se convertia em base, e nos disseram: Comam o sorvete e depois joguem o copinho fora, nós dizíamosque sim, mas, imagina que a tirávamos fora!!! As colocávamos a viver na estante dos copos e das taças. As latas de ervilhas e de pêssegos se transformavam em vasos e até telefones. As primeiras garrafas de plástico se transformaram em enfeites de duvidosa beleza. As caixas de ovos se converteram em depósitos de aquarelas, as tampas de garrafões em cinzeiros, as primeiras latas de cerveja em porta-lápis e as cortiças esperaram encontrar-se com uma garrafa.
preservávamos. Ah!!! Não vou fazer!!! Morro por dizer que hoje não só os eletrodomésticos são descartáveis; também o matrimônio e até a amizade são descartáveis. Mas não cometerei a imprudência de comparar objectos com pessoas.
Me mordo para não falar da identidade que se vai perdendo, da memóriacoletiva que se vai descartando, do passado efêmero. Não vou fazer .Não vou misturar os temas, não vou dizer que ao eterno tornaram caduco e ao caduco fizeram eterno.Não vou dizer que aos velhos se declara a morte quando apenas começam a falhar em suas funções, que aos cônjuges se trocam por modelos mais novos, que as pessoas a que lhes falta alguma função se discrimina o que se valoriza aos mais bonitos, com brilhos, com brilhantina no cabelo e glamour.
Esta só é uma crônica que fala de fraldas e de celulares. Do contrário, se misturariam as coisas, teria que pensar seriamente em entregar à bruxa, como parte do pagamento de uma senhora com menos quilômetros e alguma função nova. Mas, como sou lento para transitar este mundo da reposição e corro o risco de que a bruxa me ganhe a mão e seja eu o entregue...
* Jornalista e escritor uruguaio

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

JU IN EM - MUITA ATENÇÃO

"JU-IN-EM"

- O MAL DOS ANOS JU-IN-EM : Enfermidade descoberta pela Medicina Tradicional Chinesa, ainda não aceita pela classe médica. Entretanto, milhões de pessoas em todo mundo padecem deste mal e esperam a aprovação da Organização Mundial de Saúde para que se estude e se encontre a cura para esta mortal enfermidade que, cada dia, é adquirida por milhares de pessoas.

Se você tiver 3 ou mais sintomas indicados abaixo é sinal de alerta vermelho!!!!

SINTOMAS QUE DEFINEM O APARECIMENTO DESTA PATOLOGIA:

1.- Um simples café provoca insônia.
2.- Uma cervejinha leve leva direto ao banheiro.
3.- Tudo parece muito caro.
4.- Qualquer coisa fora do programado perturba profundamente.
5.- Um pequeno excesso alimentar provoca aumento de peso.
6.- Uma provadinha na feijoada "cai" como chumbo no estômago.
7.- Um churrasquinho de nada faz subir a pressão arterial.
8.- Numa festa a melhor mesa é a mais distante possível da música e das pessoas.
9.- Amarrar os sapatos, se conseguir, produz dor nos quadris.
10.- A TV ou a leitura provoca sono... Todos esses sintomas são provas irrefutaveis que padece de JU-IN-EM , que quer dizer em Chines:

JUventude

INdo

EMbora ......

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

domingo, 6 de fevereiro de 2011

RECEBÍ POR E-MAIL

O barbeiro
Certo dia um florista foi ao barbeiro para cortar seu cabelo . Após o corte perguntou ao barbeiro o valor do serviço e o barbeiro respondeu:
- Não posso aceitar seu dinheiro porque estou prestando serviço comunitário essa semana .
O florista ficou feliz e foi embora . No dia seguinte , ao abrir a barbearia , havia um buquê com uma dúzia de rosas na porta e uma nota de agradecimento do florista .
Mais tarde no mesmo dia veio um padeiro para cortar o cabelo . Após o corte , ao pagar , o barbeiro disse:
- Não posso aceitar seu dinheiro porque estou prestando serviço comunitário essa semana .
O padeiro ficou feliz e foi embora . No dia seguinte , ao abrir a barbearia , havia um cesto com pães e doces na porta e uma nota de agradecimento do padeiro .
Naquele terceiro dia veio um deputado para um corte de cabelo . Novamente , ao pedir para pagar , o barbeiro disse:
- Não posso aceitar seu dinheiro porque estou prestando serviço comunitário essa semana .
O deputado ficou feliz e foi embora . No dia seguinte , quando o barbeiro veio abrir sua barbearia , havia uma dúzia de deputados fazendo fila para cortar cabelo .
Essa história ilustra bem a grande diferença entre os cidadãos do nosso país e os políticos que o administram.

” POLÍTICOS E FRALDAS DEVEM SER TROCADOS COM FREQÜÊNCIA PELO MESMO MOTIVO !”
Eça de Queirós

domingo, 30 de janeiro de 2011

CADELINHA NO CIO

Uma garotinha perguntou:
-Mamãe, posso levar nossa cachorrinha para andar em volta do quarteirão?

A mamãe respondeu:- Não, porque ela está no cio!
- O que é isso? perguntou a menininha.

-Vá perguntar a seu pai, ele está na garagem.
A garotinha foi até à garagem e disse:-Paizinho, posso levar a Lisabelle para uma volta no quarteirão?Eu pedi à mamãe, mas ela disse que a cachorrinha está no cio, então eu vim falar com você.
Papai disse:-Traga a Lisabelle aqui.Ele pegou uma estopa, embebeu-a em gasolina e esfregou as costas da cachorrinha com a estopa a fim de disfarçar o cheiro do cio, e disse:-Tudo bem, pode ir, mas mantenha Lisabelle na coleira e só dê uma volta em torno do quarteirão.
A garotinha saiu e voltou poucos minutos depois sem a cachorrinha na coleira.Surpreso, o Papai perguntou:
- 'Onde está a Lisabelle?'

A garotinha respondeu: Papai......-
"Acabou a gasolina dela na metade do quarteirão, por isso tem um cachorro empurrando ela até nossa casa."

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

INTERESSANTE!

O estômago arde quando as raivas não conseguem sair,
quando algo acontece e você não aceita, não consegue digerir o fato.
Ache uma válvula de escape, grite, dê soco no travesseiro,
escreva tudo num papel e queime, pratique um esporte,
lute boxe, ache uma maneira de extravasar as emoções,
faça terapia.
E se possível, elimine as pessoas “nocivas” na sua vida.

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

UTILIDADE PÚBLICA

MINISTÉRIO DA SAÚDE ADVERTE:

'ENXUGUE BEM A CINTURA DEPOIS DO BANHO, POIS O MOSQUITO DA DENGUE E FEBRE AMARELA SE REPRODUZ EM PNEUS MOLHADOS'.


Não adianta xingar, eu também recebi!

domingo, 23 de janeiro de 2011

F U D Ê N C I O

Esta família de bonecos ajuda a mostrar defeitos nas ruas de Rio Claro, SP

sábado, 22 de janeiro de 2011

MUSICA SOBRE MATIAS BARBOSA

..
.

http://espanol.video.yahoo.com/watch/5924711/15421356


CLIQUE NO LINK PARA ASSISTIR.
MÚSICA COMPOSTA EM HOMENAGEM A CIDADE DE MATIAS BARBOSA.
FESTIVAL DE ARTE

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

A MENOR REDAÇÃO DO ENEN

'Redassão'
Tema: 'O mano'
Quando eu tiver um mano,
vai-se chamar Herrar,
porque Herrar é o mano.

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

TESTE DE RACIOCÍNIO

Imagine-se na África,
pendurado numa árvore por uma corda que está presa ao chão,
uma vela queimando a corda e
um leão faminto embaixo, à espera de que a corda se queime para você cair e
ele o devorar.
O que você faria para se salvar?


PENSE UM POUCO ANTES DE VER A RESPOSTA...
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
A solução éééééé:
Cantar Parabéns para o Leão...

Nem adianta me xingar, pq eu tb fiquei pensando.......

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

RECEBI POR E-MAIL

E assim, depois de muito esperar, num dia como outro qualquer, decidi triunfar...
Decidi não esperar as oportunidades e sim, eu mesmo buscá-las.
Decidi ver cada problema como uma oportunidade de encontrar uma solução.
Decidi ver cada deserto como uma possibilidade de encontrar um oásis.
Decidi ver cada noite como um mistério a resolver.
Decidi ver cada dia como uma nova oportunidade de ser feliz.
Naquele dia descobri que meu único rival não era mais que minhas próprias limitações e que enfrentá-las era a única e melhor forma de as superar.
Naquele dia, descobri que eu não era o melhor e que talvez eu nunca tivesse sido.
Deixei de me importar com quem ganha ou perde.
Agora me importa simplesmente saber melhor o que fazer.
Aprendi que o difícil não é chegar lá em cima, e sim deixar de subir.
Aprendi que o melhor triunfo é poder chamar alguém de"amigo".
Descobri que o amor é mais que um simples estado de enamoramento, "o amor é uma filosofia de vida".
Naquele dia, deixei de ser um reflexo dos meus escassos triunfos passados e passei a ser uma tênue luz no presente.
Aprendi que de nada serve ser luz se não iluminar o caminho dos demais.
Naquele dia, decidi trocar tantas coisas...
Naquele dia, aprendi que os sonhos existem para tornar-se realidade.
E desde aquele dia já não durmo para descansar... simplesmente durmo para sonhar.

Walt Disney

domingo, 9 de janeiro de 2011

RECEBI POR E-MAIL

APOSENTADORIA ( foto da internet)

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

RECEBI POR E-MAIL

Encontrei a mensagem abaixo em um site em inglês, e infelizmente não sei quem é o autor. De qualquer forma é uma ótima lição que me fez refletir e muito sobre cada novo dia da minha vida! Tenho certeza de que você vai gostar...

"Este é o começo de um novo dia.
Você ganhou este dia para usar como desejar.
Você pode simplesmente disperdiçá-lo ou utilizá-lo para o bem.
O que você faz hoje é importante porque você está trocandoas suas ações por um dia de sua vida.
Quando o amanhã chegar este dia terá ido embora para sempre e em seu lugar estará algo que você deixou para trás... então faça com que seja algo bom."

Por hoje é só.
Desejo tudo de bom para você, e que aproveite melhor os seus dias.