segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

RECEBI POR E-MAIL

Assunto: Aviso na porta


Alerta colocado na porta de um espaço terapêutico.

O resfriado escorre quando o corpo não chora.
A dor de garganta entope quando não é possível comunicar as aflições.
O estômago arde quando as raivas não conseguem sair.
O diabetes invade quando a solidão dói.
O corpo engorda quando a insatisfação aperta.
A dor de cabeça deprime quando as duvidas aumentam.
O coração desiste quando o sentido da vida parece terminar.
A alergia aparece quando o perfeccionismo fica intolerável.
As unhas quebram quando as defesas ficam ameaçadas.
O peito aperta quando o orgulho escraviza
O coração enfarta quando chega a ingratidão.
A pressão sobe quando o medo aprisiona.
As neuroses paralisam quando a"criança interna" tiraniza.
A febre esquenta quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade.


Preste atenção!


O plantio é livre, a colheita, obrigatória ... Preste atenção no que você esta
plantando............................!!

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

ERÓTICO ...

ERÓTICO!!!

Em um momento de descontração, o grande poeta Carlos Drummond de Andrade escreveu:

'Satânico é meu pensamento a teu respeito, e ardente é o meu desejo
de apertar-te em minha mão, numa sede de vingança incontestável pelo que me fizeste ontem.
A noite era quente e calma e eu estava em minha cama, quando, sorrateiramente, te aproximaste.
Encostaste o teu corpo no meu corpo nu, sem o mínimo pudor!
Percebendo minha aparente indiferença, aconchegaste-te a mim e
mordeste-me sem escrúpulos.
Até nos mais íntimos lugares.
Eu adormeci.
Hoje quando acordei, procurei-te numa ânsia ardente, mas em vão.
Deixaste em meu corpo e no lençol,
provas irrefutáveis do que entre nós ocorreu durante a noite.
Esta noite recolho-me mais cedo, para na mesma cama te esperar.
Quando chegares, quero te agarrar com avidez e força.
Quero te apertar com todas as forças de minhas mãos.
Só descansarei quando vir sair o sangue quente do seu corpo.
Só assim, livrar-me-ei de ti,
Pernilongo,
F da P!'

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

RECEBI POR E-MAIL

Em pleno ato sexual a mulher diz ao homem:
- Nossa! Você parece um celular!
- O cara todo orgulhoso diz:
- Por que, vibro muito?
- Não. É que, quando entra no túnel, o sinal cai…

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

PORQUE A PRESSA !!!!!


Um guarda de trânsito parou uma senhora de idade avançada, e lhe disse:

"A senhora estava em excesso de velocidade! percebeu?"

A mulher deixou o guarda atônito quando respondeu:

"Claro! É que tenho que chegar antes que me esqueça aonde vou!"

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

RECEBÍ POR E-MAIL

"Li um texto cujo título é Suicídio Saudável. O título pode parecer estranho, mas esse autor colocou alguns elementos que me fizeram pensar. Ele propõe uma troca – ao invés de matarmos nossos sonhos, nossas esperanças, nossos amores, nossos desejos talvez fosse mais interessante matarmos todas as coisas que impedem que tenhamos sonhos, realizações, esperanças, alegria, amor e paz. Realmente seria tão mais lógico e sensato matarmos todos os dias esse desamor que nos impede de ser feliz. Algumas pessoas se atolam em dívidas por inúmeras razões e depois pensam na morte como alternativa. Nesses casos deveríamos matar os sentimentos, a impulsividade que nos levam a ficarmos cheios de dívidas e não querermos mais viver. Outras sofrem muito com o final de um relacionamento e também pensa na morte como solução. Nesses dois casos e mais inúmeros outros, a alternativa escolhida é correta – a morte, mas o enfoque deve ser mudado. É natural e necessária a morte de tudo o que não nos serve mais. A impulsividade, a “baixa auto-estima”, o medo, a dor, o sofrimento. Seria maravilhoso se tivéssemos a capacidade de regeneração necessária para uma vida plena e melhor. O suicídio, a morte pode realmente ser uma solução.
Alguns podem pensar que não existe amanhã porque sofremos na infância, todas as coisas foram difíceis e pelo menos 100 mil outras razões. Convém lembrar que todas as pessoas possuem histórias de vida muito semelhantes. Não existe um caso sequer de indivíduos que tenha nascido sem o estigma da dor. Todos nós, em menor ou maior grau sofremos sejam por dívidas, por relacionamentos, por medo, por doença. Todos sem exceção. A diferença pode ser apenas na forma como as pessoas lidam com a morte diária. Alguns fazem a opção de matar o melhor de si mesmo e assim transforma-se em indivíduos amargos. Outros decidem lutar e derrotar o pior de si mesmo e esses se tornam vencedores de um mundo constantemente em mutação.


A morte não é o fim de tudo, mas pode significar um novo começo quando decidimos nos livrar de tudo que atrapalha nosso crescimento e impede que enxerguemos a aurora de um novo amanhecer.

Fátima Pacheco"

terça-feira, 9 de novembro de 2010

RECEBÍ POR E-MAIL

Feliz Primavera!

Clique no vidro da janela abaixo e espere um pouco.
Após aparecer uma segunda janela, dê um clique na mesma,
arrastando o cursor do mouse pela tela toda - como se fosse um pano seco.
O Inverno se vai e a Primavera chega, junto com os pássaros e beija-flores....



sexta-feira, 29 de outubro de 2010

ORGASMOS FEMININOS

Tabela tipológica de orgasmos femininos

Asmática
Uhh... Uhhh... Uhhh

Geográfica
Aqui, aqui, aqui, aqui....

Matemática
Mais, mais, mais, mais...

Religiosa
Ai meu Deus, ai meu Deus...

Suicida
Eu vou morrer , eu vou morrer....

Homicida
Não pára, senão te maaaaaatoooo!!!!

Sorveteira
Ai Kibon, ai Kibon, ai kibon....

Zootecnista
Vem, meu macho!!! Vem, meu Macho!!!

Torcedora
Vai, vai, vai...

Professora de Inglês
Ohhh !!! YES !!! Ohhh.... my God....!!!
Margarina
Que Delícia, que delícia...

Negativa
Não.... Não.....Não.....

Positiva
Sim... Sim... Sim...

Pornográfica
Puta que o Pariu...vai filho da puta...vai...

Serpente Indiana
Ssssssssss..........Ssssssssss.....

Professora
Sim.... isso... por aí...exato....isso...

Sensitiva
Tô sentindo.... tô sentindo......

Desinformada
O que é isso ? O que é isso?.....

Degustadora
Ai, gostoso... gostoso...gostoso...

Cozinheira
Mexe... Mexe... Mexe.....

Casada
Olha só, a empregada não limpou o lustre direito...


terça-feira, 26 de outubro de 2010

TESTE DA BANHEIRO - RECEBI POR E-MAIL

HOSPITAL PSIQUIÁTRICO -

O teste da banheira.

Durante a visita a um hospital psiquiátrico, um dos visitantes perguntou ao diretor:

- Qual é o critério pelo qual vocês decidem quem precisa ser hospitalizado aqui?

O diretor respondeu:

- Nós enchemos uma banheira com água e oferecemos ao doente uma colher, um copo e um balde e pedimos que a esvazie. De acordo com a forma que ele decida realizar a missão, nós decidimos se o hospitalizamos ou não.


- Ah! Entendi. - disse o visitante. Uma pessoa normal usaria o balde, que é maior que o copo e a colher.



- Não! - respondeu o diretor - uma pessoa normal tiraria a tampa do ralo.. O que o senhor prefere? Quarto particular ou enfermaria?


"Às vezes a vida tem mais opções do que as oferecidas, basta saber enxergá-las".


Agora diz a verdade...vc tb escolheu o balde, né? Semana que vem vou lá ao hospital te fazer uma visitinha.

Rrsrsrs

domingo, 24 de outubro de 2010

SACANAGEM ! ! !

Córrego Bertoldo - Matias Barbosa - MG

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

PENSAMENTO DO DIA

A vida se resume em 4 (quatro) frascos.
Vamos aproveita-lá, porque já estamos no 3º (terceiro).

domingo, 17 de outubro de 2010

RECEBI POR E-MAIL

ESSA MERECE SER COMPARTILHADA E REFLETIDA




Às vezes, as correntes que nos impedem de sermos livres

são mais mentais do que físicas.

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

domingo, 10 de outubro de 2010

RECEBI POR E-MAIL

Um homem entra no seu restaurante favorito e senta na mesa de sempre, dá uma olhada ao redor e descobre uma bela mulher em uma mesa próxima.

Ela estava completamente só.

O homem chama o garçom e lhe pede para mandar à mulher o Merlot mais caro que tivesse, supondo que, se a mulher aceitasse o vinho, se renderia a seus pés.

O garçom levou o vinho à mesa da mulher:

- Isto é um presente daquele cavalheiro.

A mulher olha o vinho com frieza durante um segundo e decide enviar um bilhete ao homem. Dá ao garçom, e o garçom entrega ao destinatário.

O bilhete dizia:

"Para que eu aceite este vinho, você deveria ter um Mercedes em sua garagem, um milhão de dólares no banco e 23 centímetros dentro das calças."

Depois de ler o bilhete, o homem decide responder.

Dá um bilhete ao garçom, para que ele entregue à mulher:

O bilhete dizia:

"Para sua informação, tenho uma Ferrari Modena, um BMW 850Csi, um Audi S8 e um Mercedes S600 na minha garagem. Além disto, tenho em torno de 12 milhões de dólares na minha conta.
Mas, nem por uma mulher bela como você, eu cortaria dois centímetros do que eu tenho dentro de minhas calças.....!

PS: Devolva o vinho!!!

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

SÃO JOÃO DEL REI - MG








Esta postagem foi feita para meu outro blog, mas na hora de ser publicada
saiu aqui, então fica oficialmente, já que ela mesma escolheu.



quarta-feira, 29 de setembro de 2010

RECEBÍ POR E-MAIL

O melhor ginecologista:

Uma mulher chega apavorada no consultório de seu ginecologista e diz:
- Doutor, o senhor terá que me ajudar num problema muito sério. Este meu bebê ainda não completou um ano e já estou grávida novamente. Não quero filhos em tão curto espaço de tempo, mas num espaço grande entre um e outro...
O médico então perguntou: - Muito bem.. O que a senhora quer que eu faça?
A mulher respondeu:
- Desejo interromper esta gravidez e conto com a sua ajuda.
O médico então pensou um pouco e depois de algum tempo em silêncio disse para a mulher:
- Acho que tenho um método melhor para solucionar o problema. E é menos perigoso para a senhora.
A mulher sorriu, acreditando que o médico aceitaria seu pedido.
Ele então completou:
-Veja bem minha senhora, para não ter que ficar com dois bebês de uma vez, em tão curto espaço de tempo, vamos matar este que está em seus braços.
Assim, a senhora poderá descansar para ter o outro, terá um período de descanso até o outro nascer. Se vamos matar, não há diferença entre um e outro. Até porque sacrificar este que a senhora tem nos braços é mais fácil, pois a senhora não correrá nenhum risco...
A mulher apavorou-se e disse:
- Não doutor! Que horror! Matar uma criança é crime.
- Também acho minha senhora, mas me pareceu tão convencida disso, que por um momento pensei em ajudá-la.
O médico sorriu e, depois de algumas considerações, viu que a sua lição surtira efeito. Convenceu a mãe que não há a menor diferença entre matar a criança que nasceu e matar uma ainda por nascer, mas já viva no ventre materno.

O CRIME É EXATAMENTE O MESMO!!!!!
**Se gostou, repasse. Juntos podemos salvar uma vida!**

terça-feira, 21 de setembro de 2010

RECEBI POR E-MAIL

Se agora saíssemos pela manhã, esquecidos de nós, desfazendo as malas carregadas de memórias, arrumando os livros que trazemos guardados há uma vida, esquecendo as notas de todas as canções de amor, se agora saíssemos por aí, sem direcção, sem mapa dos itinerários principais dos dias que passaram, sem chave da casa, sem dinheiro no bolso, sem anotações sem importância num caderno esquecido, se agora trocássemos de roupa e de pele, sem pudor, sem sentido, se agora gravássemos numa arvore centenária amor como te amo e amarei, sem um único lápis ou canivete, desfazendo os baús que guardam de nós as águas passadas, as que nunca moverão os nossos moinhos, se agora te beijasse, se agora me beijasses, se agora dançássemos nesta manhã, colorida manhã, rodopiando nas ruas, interrompendo o trânsito urgente, passando entre os rostos carregados dum dia novo tão velho, tão igual a todos os dias do mundo, se agora nesta manhã declarássemos a urgência de amar, um alerta máximo, único, estado de alerta errante, declarando as mais estúpidas canções de amor o nosso hino nacional, universal, se agora descemos as escadas da nossa casa sem sol, sem sombra, sem chaves nem estantes por arrumar os estorvos da memória, tudo o que acumulamos pelo fio dos anos, as riquezas e misérias dos objectos que acumulamos pelo fio dos anos, se agora sem rumo certo assobiássemos uma canção trivial, uma canção de amor inventada agora mesmo, e depois? Era só uma canção, sem nada mais, sem nada menos, apenas esquecidos de nós sem as sombras do dia que passou, dos dias que vão longe, dos dias que passarão.

Se agora saíssemos pela manhã, já esquecida da sua madrugada, por essa rua que não vai dar a lado nenhum, por esse caminho sem destino, rumo ao nosso coração, outrora um país distante, rumo á finita incerteza da mudança, e se agora e se depois tomássemos nas mãos esse cálice de terra que não se chama vida nem morte, nem serena nem agita a placidez do silêncio, nem murmura os segredos de quem por nada tem muito por contar, da beleza que só os olhos sem cansaço são capazes de reter, e se agora e se depois? Era só mais uma palavra, uma sombra, um gesto, um signo ou um sinal, era só mais uma manhã, tarde não nunca, tardios são os sorrisos guardados, são os lábios que não se prenunciam, tardios são olhos que jamais choraram, tarde não nunca se agora corrermos pela manhã nova, irmã distante de todas as que a antecederam, se agora “as palavras fazem-nos crer que os sonhos formam parte das coisas e as coisas de sonhos” , se agora nos encontramos num banco de jardim, num jardim abandonado, num abandono feliz, felizes as canções e os beijos que trocamos, como se agora o mundo acabasse sem darmos conta que não haverá outra noite, outra madrugada.

E se agora, não depois?

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

RECEBI POR E-MAIL





Virtual Reality Street
De Tony Diosi
7-20-5

Julian Beever Inglês é um artista que é famoso por sua arte nas calçadas de Inglaterra, França, Alemanha, E.U.A. , Austrália e Bélgica. Sua peculiaridade ? Beever dá uma visão de seus desenhos anamorfose , suas imagens são desenhadas de modo a que lhes dá tridimensionalidade ao ver a partir do ângulo correto. É incrível !
Saiba mais e veja mais obras dele AQUI
Garanto que vale a pena.
Abraços
José Jaime

http://www.rense.com/general67/street.htm

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

O URUBÚ E O PAVÃO

O Urubu e o Pavão
Conta a lenda que em uma planície viviam um Urubú e um Pavão.
- Certo dia, o Pavão, sob a sombra de uma árvore, refletiu:
Sou a ave mais bonita do mundo animal, tenho uma plumagem colorida e exuberante, porém nem voar eu posso, de modo a mostrar minha beleza.
Feliz é o Urubu que é livre para voar e sua beleza mostrar...
- O Urubu, por sua vez, também refletia no alto de uma árvore:
Que infeliz ave sou eu, a mais feia de todo o reino animal e ainda
tenho que voar e ser visto por todos; quem me dera ser belo e vistoso tal qual aquele Pavão...
Foi quando ambos tiveram uma brilhante idéia : cruzar-se!!!

Seria ótimo para ambos, gerando um descendente que voasse como o Urubu e tivesse a graciosidade de um Pavão.
Então cruzaram...
- Daí nasceu o PERU...
Puta que pariu... feio pra caramba e não voa!!!

Moral da história:
Se a "coisa" tá ruim... não faz gambiarra que piora!

terça-feira, 31 de agosto de 2010

RECEBI POR E-MAIL

MARIDO RICO
Saiu no Financial Times (maior jornal sobre economia do mundo)


Uma moça escreveu um email para o jornal pedindo dicas sobre "como arrumar um marido rico".
Contudo, mais inacreditável que o "pedido" da moça, foi a disposição de um rapaz que, muito inspirado, respondeu à mensagem, de forma muito bem fundamentada.
Sensacional!!

Leiam...

E-mail da MOÇA:

"Sou uma garota linda (maravilhosamente linda) de 25 anos. Sou bem articulada e tenho classe. Estou querendo me casar com alguém que ganhe no mínimo meio milhão de dólares por ano. Tem algum homem que ganhe 500 mil ou mais neste jornal, ou alguma mulher casada com alguém que ganhe isso e que possa me dar algumas dicas?
Já namorei homens que ganham por volta de 200 a 250 mil, mas não consigo passar disso. E 250 mil por ano não vão me fazer morar em Central Park West.
Conheço uma mulher (da minha aula de ioga) que casou com um banqueiro e vive em Tribeca! E ela não é tão bonita quanto eu, nem é inteligente.
Então, o que ela fez que eu não fiz? Qual a estratégia correta? Como eu chego ao nível dela? (Raphaella S.)"

Resposta do editor do jornal:

"Li sua consulta com grande interesse, pensei cuidadosamente no seu caso e fiz uma análise da situação.
Primeiramente, eu ganho mais de 500 mil por ano. Portanto, não estou tomando o seu tempo a toa...
Isto posto, considero os fatos da seguinte forma: Visto da perspectiva de um homem como eu (que tenho os requisitos que você procura), o que você oferece é simplesmente um péssimo negócio.
Eis o porquê: deixando as firulas de lado, o que você sugere é uma negociação simples, proposta clara, sem entrelinhas : Você entra com sua beleza física e eu entro com o dinheiro.
Mas tem um problema.
Com toda certeza, com o tempo a sua beleza vai diminuir e um dia acabar, ao contrário do meu dinheiro que, com o tempo, continuará aumentando.
Assim, em termos econômicos, você é um ativo sofrendo d epreciação e eu sou um ativo rendendo dividendos. E você não somente sofre depreciação, mas sofre uma depreciação progressiva, ou seja, sempre aumenta!
Explicando, você tem 25 anos hoje e deve continuar linda pelos próximos 5 ou 10 anos, mas sempre um pouco menos a cada ano. E no futuro, quando você se comparar com uma foto de hoje, verá que virou um caco.
Isto é, hoje você está em 'alta', na época ideal de ser vendida, mas não de ser comprada.
Usando o linguajar de Wall Street , quem a tiver hoje deve mantê-la como 'trading position' (posição para comercializar) e não como 'buy and hold' (compre e retenha), que é para o quê você se oferece...
Portanto, ainda em termos comerciais, casar (que é um 'buy and ho ld') com você não é um bom negócio a médio/longo prazo! Mas alugá-la, sim! Assim, em termos sociais, um negócio razoável a se cogitar é namorar.
Cogitar...Mas, já cogitando, e para certificar-me do quão 'articulada, com classe e maravilhosamente linda' seja você, eu, na condição de provável futuro locatário dessa 'máquina', quero tão somente o que é de praxe: fazer um 'test drive' antes de fechar o negócio...podemos marcar?"
(Philip Stephens, associate editor of the Financial Times - USA)"

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

RECEBÍ POR E-MAIL

Sempre que dou aula de Clínica Médica a estudantes do quarto ano de Medicina,
lanço a pergunta:
-Quais as causas que mais fazem o vovô ou a vovó terem confusão mental?
Alguns arriscam: "Tumor na cabeça".
Eu digo: "Não". Outros apostam: "Mal de Alzheimer".
Respondo, novamente: "Não".
A cada negativa a turma espanta-se.
E fica ainda mais boquiaberta quando enumero os três responsáveis mais comuns:
- diabetes descontrolado;
- infecção urinária;
- quando a família passa um dia inteiro no shopping, enquanto os idosos ficaram em casa.
Parece brincadeira, mas não é.
Constantemente vovô e vovó, sem sentir sede, deixam de tomar líquidos.
Quando falta gente em casa para lembrá-los, desidratam-se com rapidez.
A desidratação tende a ser grave e afeta todo o organismo. Pode causar confusão mental abrupta, queda de pressão arterial, aumento dos batimentos cardíacos ("batedeira" ), angina (dor no peito), coma e até morte.
Insisto: não é brincadeira! !!
Na melhor idade, que começa aos 60 anos,
temos pouco mais de 50% de água no corpo.
Isso faz parte do processo natural de envelhecimento.
Portanto, os idosos têm menor reserva hídrica..
Mas há outro complicador: mesmo desidratados,
eles não sentem vontade de tomar água,
pois os seus mecanismos de equilíbrio interno não funcionam muito bem.
Conclusão:
Idosos desidratam-se facilmente não apenas porque possuem reserva hídrica menor, mas também porque percebem menos a falta de água em seu corpo.
Mesmo que o idoso seja saudável, fica prejudicado o desempenho das reações químicas e funções de todo o seu organismo.
Por isso, aqui vão dois alertas.
O primeiro é para vovós e vovôs: tornem voluntário o hábito de beber líquidos.
Por líquido entenda-se água, sucos, chás, água-de-coco, leite.Sopa, gelatina e frutas ricas em água, como melão, melancia, abacaxi, laranja e tangerina, também funcionam.
O importante é, a cada duas horas, botar algum líquido para dentro.
Lembrem-se disso!
Meu segundo alerta é para os familiares:
ofereçam constantemente líquidos aos idosos.
Ao mesmo tempo, fiquem atentos. Ao perceberem que estão rejeitando líquidos e, de um dia para o outro, ficam confusos, irritadiços, fora do ar, atenção. É quase certo que sejam sintomas decorrentes de desidratação.
"Líquido neles e rápido para um serviço médico".

Arnaldo Lichtenstein (46), médico, é clínico-geral do Hospital das Clínicas e professor colaborador do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).

Gostou?
Então divulgue.
Seus amigos merecem saber!


"A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade" (Carlos Drummond de Andrade)

terça-feira, 10 de agosto de 2010

RECEBI POR E-MAIL

Essa é uma homenagem à turma de cabelos brancos.

Um jovem muito arrogante, que estava assistindo a um jogo de futebol, tomou para si a responsabilidade de explicar a um senhor já maduro, próximo dele, porque era impossível a alguém da velha geração entender esta geração.

"Vocês cresceram em um mundo diferente, um mundo quase primitivo!", o estudante disse alto e claro de modo que todos em volta pudessem ouvi-lo.

"Nós, os jovens de hoje, crescemos com Internet , celular , televisão, aviões a jato, viagens espaciais, homens caminhando na Lua, nossas espaçonaves tendo visitado Marte.
Nós temos energia nuclear, carros elétricos e a hidrogênio, computadores com grande capacidade de processamento e ....," - fez uma pausa para tomar outro gole de cerveja.
O senhor se aproveitou do intervalo do gole para interromper a liturgia do estudante em sua ladainha e disse:

- Você está certo, filho. Nós não tivemos essas coisas quando éramos jovens porque estávamos ocupados em inventá-las.
E você, um bostinha de merda arrogante dos dias de hoje, o que está fazendo para a próxima geração?

Foi aplaudido de pé !

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

RECEBI POR E-MAIL

A vida é assim

Um homem rico estava muito mal.

Pediu papel e pena. Escreveu assim:

Deixo meus bens à minha irmã não a meu sobrinho jamais será paga a conta do padeiro nada dou aos pobres.

Morreu antes de fazer a pontuação. A quem ele deixaria a fortuna?

Eram quatro concorrentes:

1) O sobrinho fez a seguinte pontuação:
Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho. Jamais será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres.

2) A irmã chegou em seguida. Pontuou assim o escrito:
Deixo meus bens à minha irmã. Não a meu sobrinho. Jamais será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres.

3) O padeiro pediu cópia do original.
Puxou a brasa pra sardinha dele: Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres.

4) Aí, chegaram os descamisados da cidade. Um deles, sabido, fez esta interpretação:
Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga a conta do padeiro? Nada! Dou aos pobres.

Assim é a vida. Nós é que colocamos os pontos. E isso faz a diferença.

domingo, 25 de julho de 2010

P R O B L E M A S ! ! !

Recebí por e-mail:
É velha mas ilustrada assim ainda não tinha visto.



Se vc acha que tem problemas ...











Tá vendo?
Conforme a gente vai conhecendo os problemas dos outros, percebemos que o nosso nem é assim, um problemãoooo...

terça-feira, 20 de julho de 2010

DIA DO AMIGO

amizade
[Do lat. vulg. *amicitate.] S. f.
[1. Sentimento fiel de afeição, simpatia, estima ou ternura entre pessoas que geralmente não são ligadas por laços de família ou por atração sexual: 2
2. Estima, simpatia ou camaradagem entre grupos ou entidades: 2
3. Pessoa amiga; amigo: 2
4. Vinculação de caráter exclusivamente social; relações: 2 [M. us. no pl.]

Quem você considera seu amigo é realmente uma pessoa amiga ou só alguém que você sabe que existe?

A amizade pode nascer das formas mais estranhas, dos jeitos mais engraçados. Tenho amigos que fui conhecendo aos poucos por meios de conversas instigantes. Amigos que conheci através de outros amigos que nem são mais meus amigos. Tenho amigos que conheci melhor após homéricas discussões. Tenho amizades que nasceram de uma total antipatia inicial um pelo outro e tenho amigos que se tornaram antipáticos. Só que a todos considero amigos.

Fernando Pessoa lamentou a falta de amigos (e de amor) dizendo que isso traz uma negra e fria solidão. Concordo, mas um só amigo verdadeiro povoa nosso universo.

Quantas das pessoas que você conhece e diz serem seus amigos te defenderiam quando alguém falasse alguma coisa sobre você? Quantas você defenderia? Quantas pessoas chegariam à sua casa e te trariam um alento (seja de qual forma for: financeiro, material, espiritual, sentimental) em um momento de dificuldade? A quantas você levaria este alento? Quantas pessoas viriam às lágrimas por serem obrigadas a perder o convívio com você? Por quantas você choraria convulsivamente?

Não quero ter trezentos e cinqüenta amizades tacanhas que na verdade nem conhecemos direito - como no orkut, para mim, vale mais uma única amizade sincera, atenciosa, com estima.
Basta uma única amizade generosa, amizade real, honesta, genuína, autêntica, legítima. Acima de tudo verídica.
Só estou afirmando que, hoje em dia, para muitos, tudo é amizade, eu pensava assim hoje acredito que amizade é uma forma de amor, amor em um outro nível, mas é amor.

Eu simpatizo com tudo, vivo de tudo em tudo. Todos são a minha amante predileta pelo menos um momento na vida, mas os amigos sao os amigos, não simpatizo-os, os amo.

O seu melhor amigo e você podem fazer alguma coisa, ou nada, e ter bons momentos juntos.

É Isso que aprendi o que é ser amigo.

Aos poucos que tenho, aos muitos que não conseguiram ser, e a todos que sabem o valor da amizade.


UM FELIZ DIA DO AMIGO!

(artigo recebido por e-mail e montado a partir da NET)

segunda-feira, 12 de julho de 2010

sexta-feira, 18 de junho de 2010

MORREU JOSÉ SARAMAGO




Passado, Presente, Futuro

Eu fui. Mas o que fui já me não lembra:
Mil camadas de pó disfarçam, véus,
Estes quarenta rostos desiguais.
Tão marcados de tempo e macaréus.

Eu sou. Mas o que sou tão pouco é:
Rã fugida do charco, que saltou,
E no salto que deu, quanto podia,
O ar dum outro mundo a rebentou.

Falta ver, se é que falta, o que serei:
Um rosto recomposto antes do fim,
Um canto de batráquio, mesmo rouco,
Uma vida que corra assim-assim.

José Saramago, in "Os Poemas Possíveis"


terça-feira, 8 de junho de 2010

RECEBI POR E-MAIL

VOCÊ SABE QUE ESTÁ FICANDO LOUCO NO SÉCULO XXI QUANDO:

1. Você envia e-mail ou MSN para conversar com a pessoa que trabalha na mesa ao lado da sua;
2. Você usa o celular na garagem de casa para pedir a alguém que o ajude a desembarcar as compras;
3. Esquecendo seu celular em casa (coisa que você não tinha há 10 anos), você fica apavorado e volta para buscá-lo;
4. Você levanta pela manhã e quase que liga o computador antes de tomar o café;
5. Você conhece o significado de naum, tbm, qdo, xau, msm, dps, Cc, Cco,...;
6. Você não sabe o preço de um envelope comum;
7. A maioria das piadas que você conhece, você recebeu por e-mail (e ainda por cima ri sozinho...);
8. Você fala o nome da firma onde trabalha quando atende ao telefone em sua própria casa (ou até mesmo o celular !!);
Você digita o '0' para telefonar de sua casa;
10. Você vai ao trabalho quando o dia ainda está clareando e volta para casa quando já escureceu de novo;
11. Quando seu computador pára de funcionar, parece que foi seu coração que parou;
11. Você está lendo esta lista e está concordando com a cabeça e sorrindo;
12. Você está concordando tão interessado na leitura que nem reparou que a lista não tem o número 9;
13. Você retornou à lista para verificar se é verdade que falta o número 9 e nem viu que tem dois números 11;
14. E AGORA VOCÊ ESTÁ RINDO CONSIGO MESMO;
15. Você já está pensando para quem você vai enviar esta mensagem;
16. Provavelmente agora você vai clicar no botão ''Encaminhar''... É a vida...fazer o quê... foi o que eu fiz também...
Feliz modernidade.
Abraços
José Jaime

sábado, 5 de junho de 2010

RECEBÍ POR E-MAIL

Psicologia Infantil


A maioria das pessoas considera hoje em dia que "pegar pesado" com as crianças seja inapropriado.
Eu tenho usado outros métodos para controlar meus filhos quando têm "um daqueles dias" e um, especialmente, tem se mostrado muito eficiente: é simplesmente levar a criança para dar uma volta de carro.
Durante o tempo que dura a volta, não falamos e deixo o tempo para que ela reflita sobre seu comportamento.
Não sei se são as suaves vibrações do veículo que os relaxa, ou simplesmente o fato da criança ficar distante por um tempo das distrações habituais: TV, videogame, computador, etc. O que sei é que meus filhos, depois da volta de carro, ficam muitíssimo mais tranqüilos.
Creio que o contato visual que temos durante todo o tempo é o que realmente consegue estes resultados tão bons.

Aqui mando uma das fotos que tirei durante uma destas seções, caso queira utilizar a técnica.



Este método é muito útil também com sobrinhos, primos e netos...

Abraços,

José Jaime

segunda-feira, 31 de maio de 2010

PARA DESCONTRAIR - RECEBÍ POR E-MAIL

>>6 Grandes Verdades!!!
>>
>>1ª Verdade:
>>Ninguém consegue tocar em todos os dentes da boca com a língua.
>>>>
>>2ª Verdade:
>>Todo idiota, depois de ler a 1ª verdade, tenta tocar com a língua em
todos os dentes que tem na boca.
>>>>
>>3ª verdade:
>>Descobre que a 1ª verdade é mentira.
>>
>>4ª Verdade:
>>Começa a sorrir, porque concorda que é idiota.
>>>
>>
>>5ª Verdade:
>>Tá pensando pra quem vai enviar essas verdades.
>>>>
>>6ª Verdade:
>>E continua com o sorriso de idiota na cara? Fala sério, vc tocou a
língua nos dentes, né?
>>
>>EU TAMBÉM ! ! ! ..
>> AGORA PEGA OUTRO

sexta-feira, 28 de maio de 2010

RECEBÍ POR E-MAIL

NINGUÉM É INSUBSTITUÍVEL - SERÁ MESMO?


Na sala de reunião de uma multinacional o diretor nervoso fala com sua equipe de gestores. Agita as mãos, mostra gráficos e, olhando nos olhos de cada um ameaça: "ninguém é insubstituível".
A frase parece ecoar nas paredes da sala de reunião em meio ao silêncio. Os gestores se entreolham, alguns abaixam a cabeça. Ninguém ousa falar nada. De repente um braço se levanta e o diretor se prepara para triturar o atrevido:
- Alguma pergunta?
- Tenho sim. E Beethoven?
- Como? - o encara o gestor confuso.
- O senhor disse que ninguém é insubstituível, e quem substituiu Beethoven? .... Silêncio.....
Ouvi essa estória esses dias contada por um profissional que conheço e achei muito pertinente falar sobre isso.

Afinal as empresas falam em descobrir talentos, reter talentos, mas, no fundo continuam achando que os profissionais são peças dentro da organização e que, quando sai um, é só encontrar outro para por no lugar.
Quem substituiu Beethoven? Tom Jobim? Ayrton Senna? Ghandi? Frank Sinatra? Garrincha? Santos Dumont? Monteiro Lobato? Jorge Amado? Pelé? Paul Newman? Tiger Woods? Albert Einstein? Picasso? Zico (até hoje o Flamengo está órfão de um Zico)?
Todos esses talentos marcaram a história fazendo o que gostam e o que sabem fazer bem, ou seja, fizeram seu talento brilhar. E, portanto, são sim insubstituíveis. Cada ser humano tem sua contribuição a dar e seu talento direcionado para alguma coisa. Está na hora dos líderes das organizações reverem seus conceitos e começarem a pensar em como desenvolver o talento da sua equipe focando no brilho de seus pontos fortes e não utilizando energia em reparar seus 'gaps'.
Ninguém lembra e nem quer saber se Beethoven era surdo, se Picasso era instável, Caymmi preguiçoso, Kennedy egocêntrico...O que queremos é sentir o prazer produzido pelas sinfonias, obras de arte, discursos memoráveis e melodias inesquecíveis, resultado de seus talentos. Cabe aos líderes de sua organização mudar o olhar sobre a equipe e voltar seus esforços em descobrir os pontos fortes de cada membro. Fazer brilhar o talento de cada um em prol do sucesso de seu projeto.
Se seu gerente/coordenador, ainda está focado em 'melhorar as fraquezas' de sua equipe corre o risco de ser aquele tipo de líder que barraria Garrincha por ter as pernas tortas, Albert Einstein por ter notas baixas na escola, Beethoven por ser surdo. E na gestão dele o mundo teria perdido todos esses talentos.

Nunca me esqueço de quando o Zacarias dos Trapalhões 'foi pra outras moradas'; ao iniciar o programa seguinte, o Dedé entrou em cena e falou mais ou menos assim:
-"Estamos todos muito tristes com a 'partida' de nosso irmão Zacarias...e hoje, para substituí-lo, chamamos:.. Ninguém... pois nosso Zaca é insubstituível"
Portanto lembre-se: Você é um talento único... com toda certeza ninguém te substituirá! "Sou um só, mas ainda assim sou um. Não posso fazer tudo, mas posso fazer alguma coisa. Por não poder fazer tudo, não me recusarei a fazer o pouco que posso. O que eu faço é uma gota no meio de um oceano, mas sem ela o oceano será menor."

Faça a diferença...

quarta-feira, 26 de maio de 2010

VOCÊ CONTROLA O SEU PÉ ?

Assunto: VOCÊ CONTROLA SEU PÉ ?EXPERIMENTE!! ! KKKK
> > > É SUPER LEGAL....rsrsrs
> > Você controla seu pé direito?
> > Muito interessante!!!
> > VOCÊ TEM CONTROLE SOBRE O SEU PÉ DIREITO?
> Se não conseguir, pelo menos dará boas risadas.. Tire a prova você> mesmo, para ver se você tem controle de seu pé direito.
> > Quando você estiver sentado à sua mesa, faça círculos com o seu pé direito no sentido dos ponteiros de um relógio.
> > Enquanto estiver fazendo isso, desenhe na mesa o número 6 com a sua mão direita.
O movimento do seu pé vai mudar de direção...
Vai circular> contrário aos ponteiros de um relógio...> > Conseguiu?> > Duvido!> Não adianta, é o mesmo local do cérebro que comanda...> >

terça-feira, 25 de maio de 2010

R E C E B I P O R EMAIL

Com a recomendação do ministro da Saúde que indica fazer sexo 5 vezes por semana para se manter saudável, fiquei com algumas dúvidas.
Alguém pode me esclarecer?
- Os Planos de Saúde irão cobrir esse tipo de tratamento?
- Posso abater gastos com motel, casa noturnas e sex shop do meu imposto de renda?
- Posso justificar faltas no trabalho com recibo de motel alegando que estava me tratando?
- Será preciso receita médica para comprar filme pornô e revistas com nús?
- Monogamia não coloca a saúde em risco?
- Poligamia é abuso de medicação?
- Masturbação é automedicação?
- Suruba é saúde coletiva?
- Swing não é mudança de tratamento?
- Voyeurismo não é tratamento assistido?
- Travesti é medicamento genérico?
- Obsessão sexual não é hipocondria?
- Posso considerar poligamia como um tipo de tratamento médico?
- Doença venérea é um tipo de efeito colateral?
- Fazer um ménage à trois significa aumentar a dose da medicação recomendada?
- Boneco inflável é placebo?
- Vibrador elétrico é um equipamento usado para tratamento de choque?
- Posso ser processado por prática ilegal da medicina se eu convidar um homem para uma noitada?
- Stripers podem ser considerados profissionais da saúde?
- SUS significa Saúde Urge Sexo?
- A expressão "Gozar de boa saúde" significa isso que estou pensando?
- Os hospitais públicos e postos de saúde serão obrigados a contratar profissionais do sexo?
- Bordéis precisam ter médico de plantão?
- O que meu dentista quis dizer quando recomendou manter em dia minha saúde bucal?
- Políticos não deveriam ter saúde de ferro por viverem fudendo... o povo?

quinta-feira, 20 de maio de 2010


IMAGINE !

Um homem caminhava pela praia e tropeçou numa velha lâmpada.

Esfregou-a, um gênio saltou lá de dentro e disse:
Ok você libertou-me da lâmpada, bla, bla, bla; esqueça aquela historia dos três desejos, você tem direito a um desejo apenas. Diga o que quer.
O homem pensou por um instante depois disse:
Eu sempre quis ir ao Arquipélago de Fernando de Noronha , mas tenho medo de voar. De navio costumo ficar enjoado. Você poderia construir uma ponte ate Fernando de Noronha para que eu pudesse ir de carro?
O Gênio riu:
Impossível; pense na logística do assunto.
São ilhas oceânicas afastadas da costa como é que as colunas de sustentação poderiam chegar ao fundo do atlântico?

Pense em quanto concreto armado, quanto aço, mão-de-obra... Não, De maneira alguma! A ponte não pode ser! Pense em uma coisa mais razoável.
O homem compreendeu e tentou pensar num desejo realmente bom.

Finalmente disse:
- Sabe, eu fui casado quatro vezes e quatro vezes me separei. Minhas esposas sempre disseram que eu não me importava com elas e que sou um insensível. Então meu desejo é poder compreender as mulheres:Saber como elas se sentem por dentro...
o que elas estão pensando quando não falam com a gente ....
Saber porque é que estão chorando....
Saber o que elas realmente querem quando não dizem nada....
Saber como fazê-las realmente Felizes!
O Gênio respondeu:
Queres a merda da ponte com duas ou com quatro pistas?
O autor do texto é (des)conhecido.

domingo, 16 de maio de 2010

sexta-feira, 14 de maio de 2010

CANCER DE MAMA



O Instituto do Câncer de Mama está com uma importante campanha.

Vamos salvar o site do câncer de mama?

Não custa nada!!

O Site do câncer de mama está com problemas, pois não tem o número de acessos e cliques necessários para alcançar a cota que lhes permite oferecer



UMA mamografia gratuita diariamente a mulheres de baixa renda.



Demora menos de um segundo, ir ao site e clicar na tecla cor-de-rosa que diz 'Campanha da Mamografia Digital Gratuita' do lado esquerdo.
Não custa nada e é por meio do número diário de pessoas que clicam que os patrocinadores oferecem a mamografia em troca de publicidade.

VAMOS SALVAR ESTE SITE TÃO IMPORTANTE.
.
DIVULGUE!!

Acessem o site diretamente clicando AQUI:

quarta-feira, 12 de maio de 2010

PARA DESCONTRAIR E SE ATUALIZAR

Algumas mudanças... dos anos 70 para os dias de hoje:

Antes era: creme rinse - Agora é: condicionador
Antes era: obrigado - Agora é: valeu
Antes era: é complicado - Agora é: é foda
Antes era: collant - Agora é : body
Antes era: rouge - Agora é: blush
Antes era: ancião e corôa - Agora é: Véi
Antes era: bailinho e discoteca - Agora é:balada
Antes era: japona - Agora é: jaqueta
Antes era: nos bastidores - Agora é: making off
Antes era: cafona - Agora é: brega
Antes era: programa de entrevistas - Agora é: talk-show
Antes era: reclame - Agora é: propaganda
Antes era: calça cocota - Agora é: calça cintura baixa
Antes era: flertar, paquerar - Agora é: dar mole
Antes era: oi, olá, como vai? - Agora é: e aê?
Antes era: cópia, imitação - Agora é: genérico
Antes era: curtir, zoar - Agora é: causar
E ainda tem mais...
Antes era: mamãe posso ir? - Agora é: véiaaaa, fui!!!
Antes era: legal, bacana - Agora é: manero, irado
Antes era: mulher de vida fácil - Agora é: garota de programa
Antes era: legal o negócio - Agora é: xapado o baguio
Antes era: pasta de dente - Agora é: creme dental
Antes era: cansaço - Agora é: estresse
Antes era: desculpe - Agora é: foi mal
Antes era: oi, tudo bem? - Agora é: e aê, belê?
Antes era: ficou chateada - Agora é: ficou bolada
Antes era: médico de senhoras - Agora é: ginéco
Antes era: super legal - Agora é: irado
Antes era: primário e ginásio - Agora é: ensino fundamental
Antes era: preste atenção - Agora é: se liga na bagaça
Antes era: por favor - Agora é: quebra essa
Antes era: recreio - Agora é: intervalo
Antes era: radinho de pilhas - Agora é: ipod
Antes era: manequim - Agora é: modelo e atriz
Antes era: retrato - Agora é: foto
Antes era: jardineira - Agora é: macacão
Antes era: mentira - Agora é: kaô
Antes era: saquei - Agora é: tô ligado
Antes era: entendeu? - Agora é: copiou?
Antes era: gafe - Agora é: mico
Antes era: fofoca - Agora é: babado
Antes era: ha ha há - Agora é: uhauhauhauha
Antes era :fotocópia - Agora é : xerox
Antes era: brilho labial - Agora é: gloss
Antes era :bola ao cesto - Agora é: basquete
Antes era: folhinha - Agora é: calendário
Antes era: empregada doméstica - Agora é: secretária do lar
Antes era: faxineira - Agora é: diarista
Antes era: vou verificar - Agora é: vou estar verificando
Antes era: madureza - Agora é: supletivo
Antes era: vidro fumê - Agora é: insulfilm
Antes era: posso te ligar? - Agora é: posso te add?
Antes era: tingir uma roupa - Agora é: costumizar
Antes era: dar no pé - Agora é: vazar
Antes era: embrulho - Agora é: pacote
Antes era: lycra - Agora é: stretch
Antes era: tristeza - Agora é: deprê
Antes era: beque - Agora é: zagueiro
Antes era: rádio patrulha - Agora é : viatura
Antes era: atlético - Agora é: sarado
Antes era: peituda - Agora é: siliconada
Antes era: professor de ginástica - Agora é: personal trainning
Antes era :quadro negro - Agora é : lousa
Antes era: babosa - Agora é: aloe vera
Antes era Ave Maria!!! - Agora é - Afffff!!
Antes era: caramba - Agora é: caraca
Antes era: namoro - Agora é: pegação
Antes era: laquê - Agora é: spray
Antes era: de montão - Agora é: pracarai !!!
Antes era: derrame - Agora é: AVC
Antes era: sua bênção papai - Agora é: "qualé" coroa?
Antes era: você tem certeza? - Agora é: fala sério aê!
Antes era: banha - Agora é : gordura localizada
Antes era: casa de fundos - Agora é: edícula
Antes era: bar no fim do expediente - Agora é: happy hour
Antes era: costureira - Agora é: estilista
Antes era: negro - Agora é: afro-descendente
Antes era: professora - Agora é: tia, prof
Antes era: aquele senhor - Agora é: aquele tiozinho
Antes era: bela bunda! - Agora é:: que popozão!
Antes era: Amorrrrrrr! - Agora é: Nenhhêêêêê !
Antes era: desculpe, mas a questão que você me submeteu
é imposível de cumprir! - Agora é: nem fudendo !
Antes era: olha o barulho! - Agora é: ó o auê aí, ô !

quarta-feira, 5 de maio de 2010

As vezes construímos sonhos em cima de grandes pessoas...O tempo passa...E descobrimos que grandes eram os sonhos e as pessoas pequenas demais para torná-los reais! - Bob Marley

quarta-feira, 5 de maio de 2010
Ficha Limpa - Lista dos deputados que votaram pelo adiamento da votação - DIVULGUEM
Veja abaixo a lista completa dos inimigos do FICHA LIMPA na câmara:
http://caranovanocongresso.blogspot.com/2010/05/ficha-limpa-lista-dos-deputados-que.html?utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter

domingo, 2 de maio de 2010

1 MINUTO DE SILÊNCIO!
Não é pelas mortes causadas pelas chuvas,
mas sim para o povo brasileiro.

Ontem os deputados federais
mostraram a cara e não votaram
o projeto de lei FICHA LIMPA.

Para quem não sabe, ontem foi rejeitada a votação, na Ordem do Dia
da Câmara Federal, o Projeto de Lei FICHA LIMPA,
que impede a candidatura a qualquer cargo eletivo,
de pessoas condenadas em primeira ou única instância
ou por meio de denúncia recebida em tribunal
– no caso de políticos com foro privilegiado –
em virtude de crimes graves como:
racismo, homicídio, estupro, tráfico de drogas
e desvio de verbas públicas.

A IMPRENSA FOI CENSURADA E ESTÁ IMPEDIDA DE DIVULGAR!

PORTANTO, VAMOS USAR A INTERNET
PARA DAR CONHECIMENTO AOS OUTROS
198.000.000 DE BRASILEIROS
QUE OS DEPUTADOS FEDERAIS TRAÍRAM
O POVO!!!

MARIA CECÍLIA - DESAPARECIDA


segunda-feira, 8 de março de 2010

DIA INTERNACIONAL DA MULHER



Aproveitando para cumprimentar a mulher, não só pelo dia de hoje, mas por todos os dias, encontrei nos meus guardados um e-mail antigo com uma entrevista e aqui repasso ...


Idéia de Rita Lee

No programa do Amaury Jr., a cantora e ativista Rita Lee teve uma daquelas idéias brilhantes, dignas do seu gênio criativo.

Reclamando da inutilidade de programas como o Big Brother, ela deu a seguinte sugestão: colocar todos os pré-candidatos à presidência da República trancados em uma casa, debatendo e discutindo seus respectivos programas de governo.

Sem marqueteiros, sem máscaras e sem discursos ensaiados.
Toda semana o público vota e elimina um.

No final do programa o vencedor ganharia o cargo público máximo do país.

Além de acabar com o enfadonho e repetitivo horário político, a população conheceria o verdadeiro caráter dos candidatos.

A idéia não é incrivelmente boa? Se você também gostou, mande essa mensagem para os amigos e faça coro pela campanha:


Um FELIZ DIA DA MULHER para todas!

domingo, 21 de fevereiro de 2010

RECEBÍ POR E-MAIL...

AMIGOS,

O CORDELISTA ANTONIO BARRETO COLOCA MUITO BEM O QUE MUITO DE NOS PENSAMOS SOBRE ESTA "CRETINICE" DA GLOBO, QUE SE REPETE PELO DÉCIMO ANO

O educador Antônio Barreto, um dos maiores cordelistas da Bahia, acaba de retornar ao Brasil com os versos mais afiados que nunca depois da polêmica causada com o cordel "Caetano Veloso: um sujeito alfabetizado, deselegante e preconceituoso".

Desta vez o alvo é o anacrônico programa BBB-10 da TV Globo. Nesse novo cordel intitulado "Big Brother Brasil, um programa imbecil" ele não deixa pedra sobre pedra. São 25 demolidoras septilhas (estrofes de 7 versos). Só para dar um gostinho:

Curtir o Pedro Bial
E sentir tanta alegria
É sinal de que você
O mau-gosto aprecia
Dá valor ao que é banal
É preguiçoso mental
E adora baixaria.

Há muito tempo não vejo
Um programa tão 'fuleiro'
Produzido pela Globo
Visando Ibope e dinheiro
Que além de alienar
Vai por certo atrofiar
A mente do brasileiro.

Me refiro ao brasileiro
Que está em formação
E precisa evoluir
Através da Educação
Mas se torna um refém
Iletrado, 'zé-ninguém'
Um escravo da ilusão.

Em frente à televisão
Lá está toda a família
Longe da realidade
Onde a bobagem fervilha
Não sabendo essa gente
Desprovida e inocente
Desta enorme 'armadilha'.

Cuidado, Pedro Bial
Chega de esculhambação
Respeite o trabalhador
Dessa sofrida Nação
Deixe de chamar de heróis
Essas girls e esses boys
Que têm cara de bundão.

O seu pai e a sua mãe,
Querido Pedro Bial,
São verdadeiros heróis
E merecem nosso aval
Pois tiveram que lutar
Pra manter e te educar
Com esforço especial.

Muitos já se sentem mal
Com seu discurso vazio.
Pessoas inteligentes
Se enchem de calafrio
Porque quando você fala
A sua palavra é bala
A ferir o nosso brio.

Um país como Brasil
Carente de educação
Precisa de gente grande
Para dar boa lição
Mas você na rede Globo
Faz esse papel de bobo
Enganando a Nação.

Respeite, Pedro Bienal
Nosso povo brasileiro
Que acorda de madrugada
E trabalha o dia inteiro
Dar muito duro, anda rouco
Paga impostos, ganha pouco:
Povo HERÓI, povo guerreiro.

Enquanto a sociedade
Neste momento atual
Se preocupa com a crise
Econômica e social
Você precisa entender
Que queremos aprender
Algo sério - não banal.

Esse programa da Globo
Vem nos mostrar sem engano
Que tudo que ali ocorre
Parece um zoológico humano
Onde impera a esperteza
A malandragem, a baixeza:
Um cenário sub-humano.

A moral e a inteligência
Não são mais valorizadas.
Os "heróis" protagonizam
Um mundo de palhaçadas
Sem critério e sem ética
Em que vaidade e estética
São muito mais que louvadas.

Não se vê força poética
Nem projeto educativo.
Um mar de vulgaridade
Já tornou-se imperativo.
O que se vê realmente
É um programa deprimente
Sem nenhum objetivo.

Talvez haja objetivo
"professor", Pedro Bial
O que vocês tão querendo
É injetar o banal
Deseducando o Brasil
Nesse Big Brother vil
De lavagem cerebral.

Isso é um desserviço
Mal exemplo à juventude
Que precisa de esperança
Educação e atitude
Porém a mediocridade
Unida à banalidade
Faz com que ninguém estude.

É grande o constrangimento
De pessoas confinadas
Num espaço luxuoso
Curtindo todas baladas:
Corpos "belos" na piscina
A gastar adrenalina:
Nesse mar de palhaçadas.

Se a intenção da Globo
É de nos "emburrecer"
Deixando o povo demente
Refém do seu poder:
Pois saiba que a exceção
(Amantes da educação)
Vai contestar a valer.

A você, Pedro Bial
Um mercador da ilusão
Junto a poderosa Globo
Que conduz nossa Nação
Eu lhe peço esse favor:
Reflita no seu labor
E escute seu coração.

E vocês caros irmãos
Que estão nessa cegueira
Não façam mais ligações
Apoiando essa besteira.
Não deem sua grana à Globo
Isso é papel de bobo:
Fujam dessa baboseira.

E quando chegar ao fim
Desse Big Brother vil
Que em nada contribui
Para o povo varonil
Ninguém vai sentir saudade:
Quem lucra é a sociedade
Do nosso querido Brasil.

E saiba, caro leitor
Que nós somos os culpados
Porque sai do nosso bolso
Esses milhões desejados
Que são ligações diárias
Bastante desnecessárias
Pra esses desocupados.

A loja do BBB
Vendendo só porcaria
Enganando muita gente
Que logo se contagia
Com tanta futilidade
Um mar de vulgaridade
Que nunca terá valia.

Chega de vulgaridade
E apelo sexual.
Não somos só futebol,
baixaria e carnaval.
Queremos Educação
E também evolução
No mundo espiritual.

Cadê a cidadania
Dos nossos educadores
Dos alunos, dos políticos
Poetas, trabalhadores?
Seremos sempre enganados
e vamos ficar calados
diante de enganadores?

Barreto termina assim
Alertando ao Bial:
Reveja logo esse equívoco
Reaja à força do mal.
Eleve o seu coração
Tomando uma decisão
Ou então: siga, animal.

FIM

Salvador, 16 de janeiro de 2010.

* * *

Antonio Barreto nasceu nas caatingas do sertão baiano, Santa Bárbara, na Bahia.
É autor de um dos mais recentes e estrondosos sucessos da Internet, o cordel Caetano Veloso: um sujeito alfabetizado, deselegante e preconceituoso.
Professor, poeta e cordelista. Amante da cultura popular, dos livros, da natureza, da poesia e das pessoas que vieram ao Planeta Azul para evoluir espiritualmente.
Graduado em Letras Vernáculas e pós graduado em Psicopedagogia e Literatura Brasileira.
Seu terceiro livro de poemas, Flores de Umburana, foi publicado em dezembro de 2006 pelo Selo Letras da Bahia.
Possui incontáveis trabalhos em jornais, revistas e antologias, com mais de 100 folhetos de cordel publicados sobre temas ligados à Educação, problemas sociais, futebol, humor e pesquisa, além de vários títulos ainda inéditos.
Antonio Barreto também compõe músicas na temática regional: toadas, xotes e baiões.


O cordel "Big Brother Brasil, um programa imbecil" é imperdível e está completinho aqui, em primeira mão: http://cachacaaraci.wordpress.com/